Destinos Internacionais

Machu Picchu e a Trilha Inca


Uma viagem pelo tempo e pela história do Peru. Uma caminhada que rememora um dos mais fascinantes e avançados povos do mundo. Uma travessia pela incrível arquitetura Inca. Machu Picchu fascina por tudo isso e pela beleza natural que se vê acima de seus quatro mil metros de altitude. Como se não bastasse, o local ainda é protegido pela UNEP e tem o nome de Santuário Histórico de Machu Picchu.

Trilha Inca ou apenas Machu Picchu? É você quem escolhe, mas aqueles que gostam de caminhar não devem perder a oportunidade de fazer a tradicional Trilha Inca, que o levará para uma viagem através dos tempos, até a cidade escondida de Machu Picchu. O local também pode ser visitado de ônibus, caso a caminhada de quatro dias seja muito pesada ou não se tenha tempo suficiente para percorrê-la.

Aliás, durante a temporada (que vai de abril a setembro) são necessários cinco dias para obter a autorização de entrada na trilha. Portanto, o ideal é enviar uma cópia do passaporte para a agência escolhida ir providenciando tudo, antes de sua chegada.

Desde que o explorador americano Hiram Bingham descobriu a cidade abandonada de Machu Picchu, em julho de 1911, arqueólogos do mundo inteiro tentam decifrar seus enigmas. Há (quase!) um consenso de que ela teria sido descartada 50 ou 60 anos antes da chegada dos conquistadores espanhóis ao Peru e de que estes jamais a teriam conhecido. Como os espanhóis eram bem abastecidos de informantes, supõe-se que a cidade era um segredo até para os próprios Incas, com acesso restrito a uma elite de governantes e sacerdotes.

Cuzco, cidade base para quem se propõe a este roteiro, está a 3.300 m. de altitude e é um bom começo para a aclimatação. A cidade oferece bons hotéis com preços variando entre módicos US$ 6 a caros US$ 100 a diária. Come-se bem a apenas US$ 4 por refeição… Antiga capital do império Inca, Cuzco foi declarada Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco em 1983. É, sem dúvida, um dos destinos mais importantes do Peru.

A entrada na trilha só é permitida, atualmente, se acompanhada de guias oficiais locais. Pode-se entrar em um grupo qualquer ou montar o seu próprio. O valor varia entre US$ 180 a US$ 250 por pessoa, dependendo do serviço e eventual pernoite em Águas Calientes, ponto final da excursão. Estes preços incluem guia, barraca, isolante térmico e comida para todos os dias. As refeições são ótimas e são servidos café da manhã, almoço, lanche e jantar diariamente.

Apesar de não ser um desafio que exija técnica – apenas forma física regular, boa vontade e, necessariamente, uma boa aclimatação –, a experiência vale a pena. O ponto mais alto da trilha é o chamado “Passo da Mulher Morta”, a 4.200 metros de altitude, bastante para quem não se aclimatou e/ou chegou direto do nível do mar e suficiente para náuseas e dores de cabeça insuportáveis.

Machu Picchu com Trilhas & Rumos

Para fazer a Trilha Inca e chegar até Machu Picchu caminhando, levam-se em média quatro dias. Como atualmente o percurso só pode ser feito com agências de turismo, na maioria dos casos o caminhante terá à sua disposição barracas e alimentação, geralmente fornecidas por estas empresas. Entretanto, os equipamentos de uso pessoal devem ser levados pelos próprios turistas. Para este caso, é fundamental estar usando uma mochila confortável, onde caibam todos os itens necessários para o percurso.

Uma boa dica é a mochila Crampon 68, que possui sistema tampa telescópica com amplo bolso, capa de chuva embutida e acesso pelo fundo. Este modelo possui bolso frontal que pode ser destacado para ser usado como uma pequena mochila de ataque ou como mochila de hidratação, muito recomendável para este percurso.

Falando em hidratação, a Trilhas & Rumos possui várias opções de cantis, entre eles o Cantil Flexível Hidrat 2, que comporta dois litros de água e é adaptável a diversos modelos de mochilas. A saída de água é feita por uma mangueira que, conectada ao cantil, chega até a boca do usuário e permite que ele beba mesmo em movimento.

Por se tratar de uma região de grandes altitudes, é importante ter em mãos um vestuário que suporte baixas temperaturas, como o Abrigo Thermotex. Feito em tecido tipo Polar, possui alto índice de isolamento térmico e pode ser usado sozinho ou por baixo de nossos abrigos impermeáveis (como o Abrigo Parkha, o Abrigo Anorak Storm ou o Abrigo de Tempo Anorak Selado). Possui uma versão especial para mulheres ou pessoas mais magras, o Thermotex Gazelle.



Endereço: Rua Fernando Luz Filho, 112 - Teresópolis/RJ - CEP: 25954-195 (Não temos loja de fábrica) - CNPJ: 28.242.576/0001-84
Contato para atendimento: [email protected]
2020 © Trilhas & Rumos - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Otmiza Agência Digital