Blog

Já está aberta a temporada do montanhismo – e você está esperando o quê pra botar o pé na trilha?



Pedra do Sino, Travessia, Pedra do Elefante, Pedra da Tartaruga, Dedo de Deus, Agulha do Diabo, Mirante do Inferno, Açu e mais. Muito mais!

Essa é só uma breve apresentação (breve mesmo) das opções de trilhas e montanhas da região serrana do Rio de Janeiro, que faz parte do magnífico corredor verde da Serra do Mar, para você marcar a próxima aventura.

 

Para passeios com os amigos e também especial para os profissionais, tem de tudo: a região montanhosa da serra carioca apresenta opções as mais diversas de acordo com os seus objetivos. Há quem faça a trilha da Pedra do Sino em um dia – em poucas horas (até para pegar condicionamento para trechos que exigem mais preparo dos atletas) e há também quem prefere preparar o mochilão e passar um a dois dias lá em cima. Assim, é possível curtir a paisagem, o frio e testemunhar um verdadeiro espetáculo da natureza que, mesmo se não conseguir registrar em fotos, não sairá da memória.

 

Essa época do ano, apesar das baixas temperaturas registradas, é possível observar os fenômenos naturais do nascer e do pôr do sol com maestria. No outono e no inverno, o entardecer/anoitecer é realmente de tirar o fôlego. Se já é bonito ver daqui de baixo, no meio da poeira do asfalto e da enorme infestação de luz anti-natural, imagina só contemplar de lá de cima, do topo da montanha, sem a presença de (quase) nenhum elemento da civilização. É o caso da Pedra do Sino ou da Travessia Teresópolis x Petrópolis. Escalar o Dedo de Deus, então, nem se fala. Mas atenção: esta é uma atividade específica para profissionais de fato. Nada de marinheiro de primeira viagem!

 

Mas a região também apresenta outras possibilidades para quem não dispõe de tempo ou de tanto preparo técnico. Passeios como a Pedra do Elefante ou a Pedra da Tartaruga (que inclusive dispõe de área de camping para os que preferem passar um tempo a mais no local) são de baixo/médio impacto e podem ser feitos em apenas um dia. Ainda nesse quesito, Petrópolis e Nova Friburgo também atendem bem os admiradores da natureza, com lugares como o Parque São Vicente (Petrópolis) e o Pico da Caledônia (Nova Friburgo).

Esses são apenas alguns exemplos de lugares que realmente cumprem seu papel de recarregar as nossas baterias. Para os amantes da vida em meio às belezas naturais, não há programa mais adequado.

 

E claro, não se esqueça daquelas dicas básicas caso vá curtir uma dessas trilhas/escaladas: não jogue lixo no chão (leve uma bolsinha para descartar o lixo que você produzir dentro dela), procure programar-se com antecedência para aproveitar melhor o dia (é sempre bom partir cedo, ainda pela manhã, para testemunhar cada momento) e respeite a natureza e o seu funcionamento. A ideia é ir para esses lugares para se reconectar com o que há de mais bonito na nossa região. Algazarras, portanto, não são bem-vindas.



Endereço: Rua Fernando Luz Filho, 112 - Teresópolis/RJ - CEP: 25954-195 (Não temos loja de fábrica) - CNPJ: 28.242.576/0001-84
Contato para atendimento: [email protected]
2019 © Trilhas & Rumos - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Otmiza Agência Digital