Blog

Dicas de manutenção dos produtos Trilhas & Rumos



Você sabe que a Trilhas & Rumos é a sua maior companheira de desafios. E saiba também que, se tiver cuidado com os nossos produtos, eles te farão companhia por muito mais tempo.
Conheça algumas dicas preciosas que separamos para o cuidado com alguns de nossos produtos. Elas irão contribuir pra aumentar a durabilidade do seu anorak predileto, da sua barraca ou do seu saco de dormir.

 

Anorak, Dry Tech ou Thermo Tex

Esse tipo de vestimenta exige um cuidado maior para a conservação. Afinal, é preciso manter suas características originais por mais tempo.

– Lave seu anorak com água morna e SEM detergente nem sabão. Se ele estiver muito encardido, lave-o com um sabão neutro, como o sabão de coco em pó e certifique-se de que enxaguou tudo o resíduo de sabão após a lavagem;

– Não guarde apenas: proteja-o em local limpo e seco, distante da luz e da poeira;
-Não use alvejantes, não passe a ferro e não lave a seco;
– Restaure-o sempre. Em caso de dificuldades e se o processo for muito específico, faça contato com a fábrica.

 

Sacos de Dormir
Sim, um dia seu saco de dormir precisará ser lavado, quando estiver muito encardido (não faça isso depois da volta de cada viagem). E a lavagem exige cuidado especial, para que o saco de dormir não seja danificado. Primeiro, nunca lave-o a seco.  Vale lembrar que estamos nos referindo apenas a sacos de dormir feitos com fibras sintéticas – penas de ganso e sacos feitos com fibras respiráveis exigem cuidados ainda mais especiais.

 

– Se for lavar à Máquina:

Escolha uma de uso comercial, com abertura frontal, daquelas que não giram o produto de um lado para o outro, como as com abertura em cima. Esqueça sua máquina de lavar; ela não tem espaço suficiente para o saco de dormir. E esqueça máquinas com abertura na parte de cima – elas danificam as fibras. Feche todos os zíperes e velcros e vire seu saco de dormir ao contrário.

– Se for lavar à mão:

É um método simples e seguro, mas é importante seguir rigorosamente as instruções. Lembre-se que secar bem é um dos segredos da lavagem. Coloque o saco de dormir em uma banheira limpa, com água fria ou morna e detergente biodegradável suave ou sabão de côco. “Massageie” o saco até limpá-lo – entre 12 e 15 minutos. Escove levemente a parte externa, com uma escova macia, se existir alguma área encardida ou muito suja. Jogue a água da banheira fora e suavemente exprema o excesso de água. Não torça o saco de dormir! Encha novamente com água limpa, massageie-o de novo deixando que a água limpa penetre nas fibras. Drene a água, esprema o excesso e repita esta operação até que a água saia limpa e todo o sabão seja
retirado. Retire-o cuidadosamente da banheira – não o faça se ainda estiver muito encharcado – e coloque em uma superfície reta, em cima de toalhas ou lençóis velhos, para mantê-lo limpo enquanto seca naturalmente. Não o pendure para secar; isto pode rasgar as fibras em seu interior. Conforme o saco vai secando, vire-o de tempos em tempos. Quando estiver praticamente seco, balance-o algumas vezes para que as fibras voltem a ficar fofas.

 

Mochilas

Elas são preparadas para te acompanhar nas mais diversas atividades e aguentam cargas pesadas e trabalho duro. Mas de vez em quando elas também se sujam e precisam de um cuidado especial. Algumas dicas pra você anotar:

 

– Cada vez que usá-la, limpe-a em cada detalhe com uma escovinha seca. Mantenha-a guardada em local limpo e seco, longe da incidência de luz solar direta;

– Nunca coloque sua mochila em máquina de lavar;

– Não lave a seco e nem deixe de molho. A química usada poderá danificar sua mochila. E, depois de lavar enxague sempre certificando-se de que não há resíduos de sabão. Deixe secar à sombra, pendurada. Nunca use secadoras;

– Ao levantar uma mochila pesada, pegue-a pelo menos por dois pontos, para não forçar demais um só;

– Lembre-se que nenhuma mochila é impermeável – elas são à prova d’água, no máximo;

– Cuidando dos zíperes: mantenha-o sempre limpo e longe da sujeira (e da maresia) e de vez em quando, passe silicone. Se perceber que está frouxo ou prestes a te deixar na mão, troque-o ou conserte.

Barracas

Muitas pessoas tiram seus equipamentos de camping do armário apenas na hora que querem acampar e se esquecem da condição que os deixou ao guardá-lo, meses atrás. A fórmula é simples: proteja a sua barraca, para que ela possa protegê-lo! Atenção a algumas recomendações principais:

– Ao ar livre, cuidado com os raios de sol use um pedaço de plástico para forrar o chão antes de montá-la;

– Procure não guardar comida dentro dela, pois alguns animais podem ser atraídos pelo cheiro e podem danificá-la para conseguir acessar sua comida;

– Não a toque; a gordura da sua pele é corrosiva e pode afetar a impermeabilização de sua barraca. Além disso, procure não usar sapatos dentro dela;

– Fixe-a bem;

– Cuidado com o fogo; nenhum náilon de barraca possui tratamento anti-fogo;

– Em casa, guarde-a em lugar seco, ventilado  e  redobre a sua impermeabilização;

 Não a lave em máquina de lavar nem a seco. Para limpá-la, use apenas uma esponja e água morna. Se você for limpá-la inteira, lave-a em uma banheira ou um tanque grande cheio de água fria. Nunca use água quente, amaciantes, detergentes, sabão em pó ou qualquer tipo de removedor.

– Os zíperes devem ser mantidos limpos e longe de partículas que possam emperrá-los. Água limpa e uma escovinha são suficientes. Procure não usar lubrificantes a base de petróleo. Se eles emperram com facilidade ou não correm como deveriam, procure amaciá-los com silicone em pasta ou líquido ou mesmo com parafina. Se você acampou perto do mar, limpe os cursores do zíper antes que comecem a oxidar, pingando em seguida algumas gotas de silicone (escolha sempre um de qualidade comprovada).



Endereço: Rua Fernando Luz Filho, 112 - Teresópolis/RJ - CEP: 25954-195 (Não temos loja de fábrica) - CNPJ: 28.242.576/0001-84
2017 © Trilhas & Rumos - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Otmiza Agência Digital